Como adaptar sua casa para contribuir com a preservação do meio ambiente?

Muito se fala em preservação do meio ambiente, de consumo consciente e de cuidados com o lixo que produzimos. É um assunto que sempre esteve em pauta, mas atualmente, com vários desastres acontecendo e com as sequelas do descuido com o planeta cada vez mais visíveis, é preciso, mais do que nunca, levantar a bandeira do meio ambiente. O primeiro passo vem de cada um de nós, dentro de nossas casas. O 1.000 obras listou algumas dicas práticas para que possamos começar a preservar o planeta dentro de nossos próprios lares.

 

Reaproveitar materiais está na moda, aliás, nunca sai de moda. Afinal, o reaproveitamento pode ser nos mais diversos materiais e sentidos, basta usar a imaginação e colocar a mão na massa. Paletes podem ser transformados em móveis, pneus em pufes, caixas de madeira viram mesinhas, móveis antigos restaurados e até mesmo uma xícara quebrada pode se transformar em um charmoso vaso. Ao invés de aumentar a quantidade de lixo produzida, você estará dando um novo uso a esses objetos. Encontre no 1.000 Obras profissionais que podem te auxiliar nessa empreitada.

Economize água

Regrinhas básicas colocadas em prática no dia a dia são suficientes para economizar muitos litros de água. Em outros textos aqui do blog já abordamos esse assunto. Detalhes como fechar a torneira ao escovar os dentes e ao lavar a louça, reduzir alguns minutos no banho, ficar alerta a vazamentos e a torneiras mal fechadas, fazem toda a diferença. Além disso, reutilizar a água da máquina de lavar para outras atividades como lavar o quintal e até mesmo investir em um sistema de coleta água da chuva para reaproveitá-la em casa são atitudes que contribuem e muito para a preservação do planeta, além de trazer economia para o bolso.

Separe o lixo

Se você ainda não faz isso em casa, já passou da hora de começar. É uma atitude muito simples, mas que tem um impacto enorme. Mais do que separar o lixo é importante certificar-se que cada tipo de lixo está sendo direcionado para o destino correto. Lembrando que componentes eletrônicos, pilhas e baterias tem pontos específicos de coleta.

Faça escolhas inteligentes

Evite ao máximo utilizar produtos descartáveis, dê preferência a recipientes de vidro que podem ser reaproveitados, retornáveis e orgânicos. Compre materiais de limpeza e higiene que tenham a opção de refil. Utilize produtos biodegradáveis e recuse, sempre que possível, as sacolinhas plásticas dos supermercados, tenha em mãos sacolas sustentáveis que podem ser reutilizadas.

Não acumule coisas

A ideia consiste em reduzir o consumo desnecessário, a compra compulsiva, e consequentemente, a produção futura de lixo. Faça doações, repasse o que não usa mais e o que não irá reaproveitar. Abra espaço para o novo, de forma consciente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *